Pular para o conteúdo

Problemas e Soluções

A industrialização do século XX atraiu pessoas das mais diversas regiões para Porto Alegre e cidades vizinhas. A boa infraestrutura da cidade (comércio, serviços) também foram outros aspectos de aumento da população.

Com a crescente vinda de pessoas de outras regiões, sobretudo do interior do Estado - que almejam melhores condições de vida, o que muitas vezes não acontece -, ocorre um aumento cada vez mais constante do desemprego, da violência urbana, na falta de condições de moradia, saúde, educação e saneamento básico. Com isso, surgem vilas e favelas em várias cidades da região, complicando assim as condições de vida de determinados indivíduos.

A poluição, tanto de ordem ambiental (atmosférica e das águas), como sonora e visual, é outro problema alarmante, sobretudo em Porto Alegre. A capital sofre uma intensa degradação ambiental, principalmente no Lago Guaíba, na área junto ao Centro, e no Arroio Dilúvio, localizado nas zonas Leste e Sul da cidade. Nessas áreas, a água é totalmente poluída, reflexo do descontrole da urbanização.

O trânsito também sofre com problemas de infraestrutura. Algumas rodovias da região (como a ERS-118, entre Sapucaia do Sul e Viamão, e a ERS-040, entre Viamão e o Litoral) não comportam mais a demanda atual de trânsito; estudam-se alternativas para resolver os constantes congestionamentos na região.

A atração de novas indústrias, gerando assim novos empregos, e a melhoria de vários aspectos sociais da população também serão fatores importantes para a Região Metropolitana de Porto Alegre continuar sendo uma das mais importantes do nosso país

Algumas questões atuais, como a revitalização do Cais do Porto da Capital, a ampliação da pista do Aeroporto Internacional Salgado Filho e os fatos relacionados à insegurança pública, instigam grande reflexão e debates para a busca de suas soluções.

Estes são alguns dos principais problemas da região, que podem ser solucionados a médio prazo, se tiverem maior atenção por parte do Poder Público para, assim, melhorar a vida da população da região.